Catégories
Uncategorized

Brasileiros apresentam a 2a edição do Festival Tordesilhas na Casa Fernando Pessoa

“Festival Tordesilhas – Poetas da Língua Portuguesa”

A 2ª edição do “Festival Tordesilhas – Poetas da Língua Portuguesa” teve início 4ª feira (05) e decorre até dia 7 de Maio, na Casa Fernando Pessoa, em Lisboa, com a presença de poetas de Angola, Brasil, Moçambique e Portugal.

Inês Perosa: "Fernando Pessoa é mais valorizado no Brasil que em Portugal".

O Festival Tordesilhas, conforme o nome indica, aludindo ao tratado de 1494 que estabelecia uma linha de separação entre Portugal e Espanha com referência aos territórios do Novo Mundo, pretendendo “desconstruir” essa mesma separação, é um encontro internacional que reúne poetas da língua portuguesa, tendo como curadoria os poetas brasileiros Virna Teixeira e Cláudio Daniel. Seu principal objetivo é ampliar o diálogo entre os autores de língua portuguesa, para um ciclo de debates, recitais e performances.

Cláudio Daniel:" Tenho verdadeira paixão por poesia".

A abertura do evento contou com a presença da presidente da Casa Fernando Pessoa, Inês Pedrosa, que agradeceu aos curadores terem escolhido a Casa Fernando Pessoa para realizar a 2ª edição de Tordesilhas, e o apoio da Embaixada do Brasil em Portugal. Inês Pedrosa disse estar muito satisfeita com o carinho e reconhecimento que o Brasil tem pelo poeta Fernando Pessoa: “Para mim é sempre uma honra realizar eventos do Brasil na Casa Fernando Pessoa. Sei o quanto ele é valorizado lá; até um seriado numa TV privada (TV Globo) já foi feito, enquanto que aqui a RTP ainda não o fez”. Inês Pedrosa disse ao “Quadros-cultura.com” que fica admirada com o carinho que o povo brasileiro tem por Fernando Pessoa, sendo que no início de Outubro deste ano haverá outro evento do Brasil na Casa Fernando Pessoa – um colóquio sobre o escritor brasileiro Guimarães Rosa.

Virna Teixeira"Poesia ajuda ampliar o diálogo entre os autores de língua portuguesa".

No primeiro dia de « Tordesilha »aconteceu o diálogo literário entre Brasil e Portugal, com os brasileiros Horácio Costa e Cláudio Daniel, e o português Casimiro de Brito com moderadoção de Virna Teixeira. O recital foi feito pela portuguesa Ana Marques Gastão, a brasileira Simone Homem de Mello, Horácio Costa, e os portugueses Nuno Júdice e Jorge Velhote.

O evento contou ainda com a apresentação do livro “Amo Agora” e da plaquete “Amor Cego & Outros Poemas de Amor”, com Casimiro de Brito e Marina Cedro, e exposição de revistas literárias e livros de poesia de língua portuguesa.

Para quem não foi ao primeiro dia da 2ª edição do Festival Tordesilhas, na Casa Fernando Pessoa, poderá ir hoje e amanhã e assistir à programação abaixo:

Dia 6 de Maio:
19h Debate – A poesia contemporânea de língua portuguesa na África, com Jorge Arrimar (Angola), Jorge Viegas (Moçambique) e Delmar Maia Gonçalves (Moçambique). Moderador: Claudio Daniel (Brasil).
20h Recital – com Jorge Arrimar (Angola), Catarina Nunes de Almeida (Portugal), Jorge Viegas (Moçambique), Aurelino Costa (Portugal), Delmar Maia Gonçalves (Moçambique), Jorge Melícias (Portugal).
21h Apresentação do livro “Escrito em Osso”, do poeta Claudio Daniel, publicado pela editora Cosmorama. “Video-corpo-poema”, com Eduardo Jorge (Brasil).
Dia 7 de Maio:
19h Debate – A poesia de língua portuguesa na era da globalização. Com João Miguel Henriques (Portugal) e Virna Teixeira (Brasil). Moderador: Eduardo Jorge (Brasil)
20h Recital – Eduardo Jorge (Brasil), João Miguel Henriques (Portugal), Ruy Ventura (Portugal), Virna Teixeira (Brasil).
21h Apresentação do livro “Ravenalas”, de Horácio Costa (editora Demônio Negro) Apresentação da plaquete “Entulho”, de João Miguel Henriques, pela Arqueria Editorial

Laisser un commentaire

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *