Catégories
Uncategorized

Ano Brasil em Potugal

 

 

Foi apresentado nesta sexta-feira, (13/07) no Hotel D. Pedro – Lisboa agenda dos eventos que vão fazer parte das comemorações; Ano do Brasil em Portugal. O comissário geral do Ano Brasil em Portugal, António Grassi disse aos representantes das instituições culturais presentes entre elas; Chapitô, Fundação Calouste Gulbenkian e  CarpeDiem Arte e Pesquisa,  que os eventos que irão decorrer de Setembro a Junho  de 2013, terá várias atividades, desde música, teatro, literatura, dança, circo, artes visuais etc.

O evento organizado pelos os dois países terá programação simultânea, no Brasil e Portugal, a partir de 7 de Setembro, dia da independência do Brasil.

De acordo com António Grassi, estarão em Portugal, representantes das artes de norte a sul do Brasil, entre as presenças confirmadas passará pela terra de Camões nos 10 meses de comemorações; Alcione, Zeca Baleiro, Ney Mato Grosso, Martinho da Vila, Mariana Aydar, Adriana Calcanhoto, Kleiton e Kledir, Bibi Ferreira entre outros.

Para além dos espaços culturais onde irão acontecer os eventos brasileiros, terá também eventos na LX Factory em Lisboa, que irá funcionar o “Espaço Brasil” onde os visitantes poderão desfrutar para além dos mais variados eventos, da gastronomia brasileira.

 

Antônio Grassi disse ao Culturabrazil-europa.com  que este ano de comemoração entre Brasil e Portugal tem uma mais valia em relação aos outros países, a língua.  » A cultura é algo interessante para intercâmbio cultural entre os povos de todas as nações. O evento que vamos realizar  em Portugal já realizamos em outros países da Europa, tais como Itália e França. Portugal tem uma mais valia em relação aos outros países, pois falamos a mesma língua e isto facilita nossa comunicação em todas as áreas.

Grassi disse ainda que o objetivo “Ano Brasil em Portugal” é  deixar em terras lusitanas um grande legado da cultura brasileira.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Catégories
Uncategorized

Brasil na Feira Internacional do Artesanato em Lisboa

 

 

 Brasil teve grande representatividade na 25a Edição da Fia Lisboa 2012 – Feira Internacional do Artesanato (30/06 à 07/07). A imortal obra de Monteiro Lobato; Sitio do Picapau Amarelo representada pela espivitada boneca Emília. Para além da obra de Monteiro Lobato, os visitantes da FIA 2012, puderem conhecer entre outros produtos brasileiros; biojóias, pinturas, esculturas e a famosa caipirinha

 

Dany Anas – Representando Salvador da Bahia com sua pintura naif – Para o baiano de Salavor a FIA 2012 foi um sucesso. « Pra mim valeu muito a pena expor meu trabalho na Feira do Artesanato de Lisboa e desejo voltar em 2013 ».

 

 Stand  Brasil/Mercusul

Noris Moraes, natural do Rio Grande do Sul,  grande admiradora e pesquisadora da cultura nordestina, mais precisamente o estado do Pernambuco, onde Noris realiza  trabalhos com apoio do SEBRAE, levando orientação aos artesãos e importando suas obras para países europeus, tais como Portugal e Itália.

 

 

 Produtos originário da Tribo Xukurú, feito da palha da bananeira, totalmente artesal e tintaura natural.Produto este que Noris Moraes, deseja divulgar deste  lado do Atlântico e assim  gerar uma renda eficaz à Associação Artesãos da Macaparana-Pernambuco.

 

Entre as tradicionais bebidas portuguesas, vinho e sangria a caipirinha brasileira deixou sua marca na FIA como uma das bebidas mais consumidas nos 8 dias de atividades da FIA 2012.

Brincos, bolsas, colares … os produtos fabricados da grande  biodiversidade brasileira em grande estilo na FIA 2012.

 

 STAND BRASIL/MERCUSUL:Rendas renascenças…cestas de palhas…malas de papel reciclados…literatura de cordel etc.

 

 

 

FIA Lisboa – Feira Internacional do Artesanato,decorreu entre os dias 30 de Junho e 8 de Julho, na FIL, Parque das Nações (Lisboa), fez valer o seu título da maior e mais importante feira de artesanato na Península Ibérica, e a segunda maior da Europa, excedendo a edição de 2011, com um registo de mais de 130.000 visitantes durante os nove dias do evento. A dimensão nacional e internacional do salão, a variedade e qualidade da oferta e o vasto programa de atividades fizeram o público comparecer em massa à 25ª edição do evento que entre outros momentos ficou marcado pela visita do ministro da Economia e do Emprego, Álvaro Santos Pereira, aquando da inauguração do salão, e de D. Duarte de Bragança, no âmbito do Fórum do Artesanato.

Miguel Comporta, director de Área de Feiras da FIL e responsável pela FIA Lisboa, considera que ‘muito contribuiu para o sucesso da FIA Lisboa 2012 a crescente afirmação do artesanato e da gastronomia nacional, quer por via da preservação do tradicional conjugado com a introdução do design contemporâneo, criando propostas diferenciadoras, quer por via dos esforços de promoção nacional e internacional destas facetas identitárias da cultura portuguesa. Mais uma vez os nossos visitantes atestaram a viabilidade deste modelo de feira e, tendo em conta a crescente adesão que se tem vindo a registar de ano para ano, estamos desde já motivados a fazer mais e melhor na edição de 2013 de forma a ir ao encontro dos interesses dos expositores e surpreender o público que nos visita’, conclui o responsável.

A internacionalização foi um tema forte nas conferências realizadas no âmbito do Fórum do Artesanato, um evento promovido pelo CENA / AIP – Conselho Estratégico Nacional do Artesanato da AIP, integrado na 25ª edição da FIA Lisboa, que entre outros ilustres convidados contou com a presença de D. Duarte de Bragança.

No panorama das participações internacionais para além da marcante presença do atesanato brasileiro, Argentina país convidado da FIA 2012 promoveu uma série de actividades e deu a conhecer aos visitantes as artes e cultura do povo argentino. A Embaixada da Argentina em Portugal brindou o público com workshops de tango e demonstrações de arte em metal, tecidos, entre outros materiais.

 

Ftos: Luisa Lícias

 

Catégories
Uncategorized

Milton Nascimento e convidados – uma brilhante noite, feita por brilhantes artistas.

 

 

 

Alameda D. Afonso Henrique, foi o espaço escolhido para o esplêndido concerto de encerramento das Festas de Lisboa 2012, neste sábado, (30/06). Milton Nascimento acompanhado pela Orquestra Metropolitana de Lisboa e seus ilustre convidados; Carminho, Ana Moura e António Zambujo, emocionaram a plateia com um magnífico repertório.

 

 

O público presente no grande concerto de encerramento das Festas de Lisboa 2012, puderam desfrutar entre outras canções de sucesso já  já conhecidas do público europeu; « Coração de Estadante »; Caçador de Mim; Paula e Bebeto  – todas de sua própria autoria.

 

 

Milton Nascimento e Carminho – Sua primeira convidada da noite a subir ao palco. Enconto da MPB e a alma do Fado, no ano de afirmação do fado como Património Imaterial da Humanidade …intercâmbio …harmonia musical abrilhantaram o palco junto a Orquestra Sinfônica de Lisboa.

 

 

 

 Milton retribuía os calorosos aplausos da platéia também com aplausos.

 

 

 

Milton Nascimento e seu segundo convidado da noite – António Zambujo  juntos emociinaram o público cantando « Ponta de Areia » -( Milton Nascimento e Fernando Brant).

  

 

 Milton Nascimento&Ana Moura em seu elegante trages  sereia  cantaram entre outras  – « Um Gosto de SOL – Coração de Estudante (Milton Nascimento).

 

 

 Milton agradece ao Maetro da Orquestra Metropolitana de Lsboa- Paulo Vassal.


 

Após o concerto Milton Nascimento recebeu em seu camarim o empresário e Embaixador da Gastronomia Mineira na Europa, Sr. António Gomes que ofereceu uma prenda – Livro: História do Fado – Rui Nery, Milton carinhosamente agradeceu e prometeu visitar o Restaurante Uai na sua próxima visita a terra de Amália.